Os cinco problemas mais comuns na rotina de uma sociedade empresarial

e como uma boa assessoria jurídica pode ajudar a minimizá-los

 

Administrar uma empresa, requer conhecimento, ousadia, visão e bom senso. O administrador precisase concentrar em fechar novos negócios, manter relacionamentos com clientes e parceiros, prestar serviços aos consumidores, gerenciar seu quadro de funcionários, confeccionar contratos, sem falar na alta taxa tributária e em questões que envolvem fiscalização e interferências do Poder Público. Para lidar com tantos aspectos de maneira segura é preciso que o administrador possa contar com um corpo técnico que lhe dê segurança e respaldo para tomar decisões, ter respaldo jurídico antes ou durante tais processos será de fundamental valor para que se ganhe em produtividade e lucratividade. Destaquemos cinco situações que podem surgir no processo e como elas podem afetar o desempenho de uma empresa.

1 – Planejamento. Segundo o Serviço de Apoio a Pequenas e Micro Empresas de São Paulo, o Sebrae, uma grande parcela das empresas abertas no Estado não consegue sobreviver ao segundo ano de vida. Isso por que muitas vezes um negócio é iniciado às cegas, baseado em um impulso ou uma aposta, sem que antes se pesquise o mercado para verificar a necessidade daquele produto ou serviço, as dificuldades técnicas e jurídicas e, sobretudo, que se planeje o processo de criação, crescimento e amadurecimento do negócio. É preciso criar um plano de negócios bem estruturado, considerando a localização, concorrência, público a ser atendido, questões legais e fiscais, capital necessário, entre outros fatores, ter tudo isso muito bem analisado e descrito, saber quais os pontos fortes e fracos da sua empresa e, se preparar para compensar as fraquezas e aproveitar as oportunidades. Lembre-se! Ter a disposição profissionais gabaritados para lidar com questões complexas, como fiscais e jurídicas é essencial a qualquer empresa, de qualquer porte.

2 – Impostos e taxas.Outro aspecto a ser levado em conta é a quantidade de impostos e taxas que incidem sobre o negócio.Taxas municipais, estaduais e federais variam de acordo com a natureza empresarial. Conhecer bem qual a melhor opção em termos de regime tributário, bem como a carga tributaria da empresa e como isso impacta sobre ela é importantíssimo. E muitas vezes as regras do jogo mudam. Os governos podem criar novas taxas ou alterar as alíquotas. Estar preparado para isso é essencial para não quebrar em um momento de instabilidade econômica. Note que em alguns casos é necessário renegociar as dívidas tributárias, administrá-las e sobreviver. Fique atento. Uma boa assessoria jurídica é essencial para lidar com a negociação de dívidas.

3 – Questões trabalhistas. Toda e qualquer empresa deve estar atenta às normas estabelecidas para a relação empregado-patrão. Há todo um arcabouço de leis de direito trabalhista que visa regulamentar essa relação. Um processo trabalhista pode ser muito custoso para uma empresa. É essencial ter a assessoria de um profissional do ramo do Direito, para orientar os procedimentos, direitos e deveres, a fim de salvaguardar as partes de eventuais litígios.

4 – Relação pessoa física, pessoa jurídica. Em muitos casos, em especial nas micro e pequenas empresas, é comum que se confunda o que é dinheiro pessoal do que é dinheiro da empresa. Em alguns casos o mesmo ocorre com as contas e os encargos, gerandoum descontrole na administração, atrapalhando o planejamento e geralmente comprometendo o fluxo de caixa. Isso pode gerar grandes problemas em ambos os ambientes. É essencial para a sobrevivência da empresa que esse limite esteja bem claro.

5- Adaptação ao mercado.O mercado é dinâmico.O que foi a mais incrível novidade ontem, hoje é ultrapassadoe se torna peça de museu. E não há nenhum exagero nessa afirmação, um exemplo clássico é o vídeo cassete, uma tecnologia que inundou os lares por apenas uma década, para se tornar obsoleta na década seguinte. Estar atento a todos esses nuances pode ser muito difícil, mas é vital. É preciso ter uma noção clara do que é novo, daquilo que atende o mesmo público que o produto da sua empresa, das regras do jogo, leis, impostos e variações de mercado.Note que mesmo aqui um olhar cuidadoso de uma assessoria jurídica pode ser determinante, na observação das tendências normativas e até mercadológicas. Às vezes a novidade pode ser mais rápida que as regras estabelecidas, como acontece com muitos serviços ligados a aplicativos móveis, estar preparado para lidar com isso pode ser a diferença entre sobreviver e naufragar no mercado.

Essa foi uma rápida abordagem sobre alguns dos variados temas que afetam a administração empresarial, e o valor que uma assessoria jurídica de qualidade pode ter para os empresários em geral. Falaremos mais sobre esses temas de maneira mais detalhada nas próximas semanas.